• PDF
  • Imprimir

Comissão de Saneamento faz audiência no Cantagalo/Pavão-Pavãozinho

  • Qui, 13 de Junho de 2013 14:04
  • No dia 19, Comissão de Saneamento faz audiência pública no Cantagalo e no Pavão-Pavãozinho.


    A Comissão de Saneamento Ambiental da Alerj, presidida pela deputada Aspásia Camargo (PV), promove nesta quarta-feira, dia 19, audiência pública no teatro do Espaço Criança Esperança, na comunidade do Cantagalo, às 18h30min. Na pauta, coleta e armazenamento de lixo, coleta e tratamento de esgoto e o abastecimento de água no Cantagalo e Pavão-Pavãozinho. Serão convidados todas as lideranças locais, técnicos, moradores e autoridades e a mesa deverá ser composta por representantes da Comlurb, do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), os presidentes das associações de moradores do Cantagalo, Luiz Bezerra, e do Pavão-Pavãozinho, Alzira Maria do Amaral. E ainda membros da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), da Fundação Rio-Águas, do Metrô Rio, das secretarias municipais de Obras, Ordem Pública e Meio Ambiente, da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sea) e do Instituto Atlântico. Coloque na agenda.

    Na opinião de Aspásia Camargo,   "a falta de coleta de lixo e coleta e tratamento de esgoto são um dos mais graves problemas das comunidades do Rio. No Cantagalo e Pavão-Pavãozinho , não é diferente. Apesar das melhorias urbanas que vêm acontecendo nos últimos anos, esses serviços continuam precários, ameaçando a saúde e a qualidade de vida da população”, analisa.  “Nosso objetivo é ouvir a todos e propor soluções”, esclareceu a deputada, que defende o uso de novas tecnologias, como reaproveitamento de resíduos para transformá-los em energia.

    De acordo com o presidente da Associação de Moradores do Cantagalo, Luiz Bezerra do Nascimento, o saneamento da comunidade continua na promessa. “Há muito tempo, ouvimos garantias de que os problemas ligados a água e ao esgoto seriam resolvidos. O poder público  começou uma obra do PAC, só que a firma que estava executando as obras saiu. Agora, estamos esperando a entrada de outra empresa. Então, por enquanto, nada mudou”, explicou o líder do Cantagalo.  Segundo ele, uma caixa d’água chegou a ser construída, mas os moradores aguardam a inauguração.

    Na audiência pública serão ouvidos moradores e comerciantes das comunidades e as lideranças locais: governo, associações de moradores, síndicos e ONG’s. Serão convidados o sub-prefeito da Zona Sul, Bruno Ramos; os administradores das regiões administrativas de Copacabana, Rafael Gattás, e Ipanema e Leblon, Leonardo Spritzer; o presidente da Sociedade Amigos de Copacabana (SAC), Horácio Magalhães; a presidente do Projeto de Segurança de Ipanema (PSI), Ignez Barreto; a presidente da Associação de Moradores de Ipanema, Maria Amélia;  e os síndicos de prédios das ruas Nascimento Silva, Alberto de Campos, Djalma Urich, Souza Lima e Sá Ferreira.

    “O Pavão-Pavãozinho e o Cantagalo têm as mais lindas paisagens do mundo e o turismo prospera por lá. Mas é fundamental  pensar na saúde e na qualidade de vida de seus mais de 20 mil habitantes, livrando a população do lixo em locais não apropriados e ligando  as edificações da comunidades à rede formal de esgoto”, concluiu Aspásia Camargo.

    Comissão de Saneamento faz audiência no Cantagalo/Pavão-Pavãozinho