• PDF
  • Imprimir

Um Rio urbano é um retrocesso

  • Sáb, 13 de Julho de 2013 12:10
  • destaque_alvarodias

    Manter e ampliar as áreas agrícolas é fundamental

    destaque_alvarodiasA deputada Aspásia Camargo (PV), desde 2007, lidera a defesa da agricultura orgânica da cidade, que os prefeitos eliminaram por razões de interesse imediato: eles queriam se livrar do Imposto Territorial Rural, que permitia a sobrevivência de agricultores, e trocaram pelo IPTU, que reduz o tamanho dos lotes e enche a burra dos cofres dos prefeitos. Pelo cobiçado IPTU, o Plano Diretor da Cidade eliminou as áreas rurais do município. Uma lástima!

    Isso coloca o Rio na retaguarda do mundo. Como se a segurança alimentar das cidades, os cinturões verdes e as hortas comunitárias fossem um feito nocivo ou inútil. O Rio está na contramão das cidades. Aspásia lutou por todos os meios pela preservação das áreas rurais da cidade, mas os prefeitos foram impiedosos. Para eles, a agricultura orgânica, NÃO! Para mim, SIM! Ainda temos um meio de reverter esses erro. Temos que eleger várias áreas de Interesse Agrícola. Tem uma brecha para isso no próprio Plano Diretor.

    Leia matéria completa em O Globo de hoje http://oglobo.globo.com/rio/produtores-rurais-do-rio-tentam-sobreviver-falta-de-incentivos-9021943


    Compre orgânicos! Proteja a sua saúde e salve a sua cidade. Temos que estar na vanguarda do mundo e estamos na retaguarda. A agricultura está sendo varrida da cidade pela gana dos prefeitos em arrecadar mais IPTU. Lutei muito para que Plano Diretor não eliminasse as  áreas rurais da cidade. Não consegui. Eles alegaram que havia o risco de favelização nas áreas cultiváveis, um equívoco!

     

    Circuito Carioca de Feiras Orgânicas

    Praça Edmundo Bittencourt - Sábados, das 8:00h às 13:00h

    Rua do Russel - Sábados, das 7:00h às 13:00h

    Praça Nossa Senhora da Paz - Terças-feiras, das 7:30h às 13:00h

    Praça Antero de Quental - Quintas-feiras, das 7:00h às 13:00h

    Praça da Igreja São José da Lagoa - Sábados, das 7:30h às 13:00h

    Praça Afonso Pena - Quintas-feiras, das 7:30h às 13:00h

    Um Rio urbano é um retrocesso