Tudo Sobre Política

  • PDF
  • Imprimir

Aspásia Camargo entrevista Yoani Sánchez

  • Seg, 25 de Fevereiro de 2013 20:43

A deputada Aspásia Camargo acompanhou na manhã deste domingo, dia 24 de fevereiro, caminhada pela prais com a blogueira cubana Yoani Sánchez, na Zona Sul do Rio de Janeiro. O encontro foi na praia de Copacabana, onde a parlamentar, em nome do Partido Verde (PV), teve a oportunidade de entrevistar Yoani e conversar sobre os objetivos de sua viagem ao Brasil e ao mundo. “Ela quer que o processo de abertura de Cuba aconteça. E sua viagem é para sensibilizar o mundo de que o povo cubano existe, tem um pensamento diversificado e esse pensamento precisa se manifestar”, explicou Aspásia.

 

Yoani ficou conhecida pelas críticas ao governo cubano em seu blog, o Geração Y, e também por fazer dele o único canal de informações sobre a vida em Cuba para o mundo.  Hoje, ela está a serviço de uma rede internacional de jornais, para os quais escreve sobre seu país. Para a deputada, com sua simplicidade e humildade, Yoani é representante de um processo de abertura que está muito próximo. Confira trechos da conversa:

 

Aspásia - O que significa essa viagem?

Yoani - Significa muito. Porque, até agora, os irmãos Castro sempre tiveram todas as facilidades para se comunicar com o mundo. Mas a população cubana não. Nunca teve. E agora estamos tendo essa oportunidade.

 

Aspásia - Alguma coisa de bom que realmente justifique toda essa dificuldade, esse fechamento pelo qual Cuba passa?

Yoani - Não

 

Aspásia - E a educação?

Yoani - A educação foi muito boa quando a União Soviética subsidiava Cuba. Quando os subsídios que a URSS dava à Cuba anualmente acabaram, a educação caiu. Hoje, o que temos é uma rede, de uma infraestrutura razoável, importante. Mas a qualidade do ensino deixa muito a desejar.

 

Aspásia - Mas as estatísticas dão ainda uma importância grande à educação cubana.

Yoani - Mas as estatísticas não são 100% confiáveis. É manipulado e não há segurança de que os dados coletados sejam verdadeiros. Então, o que precisamos é de transparência e abertura, para chegarmos ao pluralismo.

 

Aspásia - O que você mais gosta em Cuba?

Yoani – Do povo. É um povo extraordinário que precisa de uma oportunidade de se manifestar e participar politicamente.

Aspásia - Mas tinha que ser uma mulher não é? Só uma mulher podia fazer o que você está fazendo. Afrontar, sem brigar! Uma mulher é a mensageira de uma abertura com paz!

  • PDF
  • Imprimir

A deputada Aspásia Camargo irá propor três emendas ao Projeto de Lei 1.883/2012, que foi apreciado hoje (18) na Alerj em regime de urgência

  • Ter, 18 de Dezembro de 2012 13:15

O projeto tem como objetivo agilizar o licenciamento de jazidas de exploração mineral para uso direto na construção civil. Aspásia pediu ainda que o atual secretário de Meio Ambiente, Carlos Minc, compareça à casa para debater o assunto. A deputada defende a realização de uma audiência pública para que haja um amplo debate do tema com a sociedade.

Leia mais: A deputada Aspásia Camargo irá propor três emendas ao Projeto de Lei 1.883/2012, que foi apreciado hoje (18) na Alerj em regime de urgência

Página 6 de 17